Procedimento Padrão

De Área Técnica
Ir para: navegação, pesquisa

O procedimento padrão é um procedimento composto por quatro passos principais: Obtenção de Dados, Importação de Arquivos, Limpeza de Dados e Mapeamento e Análise de Dados.

Informações mais detalhadas sobre análises específicas podem ser encontradas nos tutoriais da página de procedimentos

Índice

Obtenção de Dados

O primeiro passo do processo se inicia com a pesquisa realizada em bases de dados como a Web of Science, SCOPUS, Derwent, Compendex, entre outras, tais como a página de dados do grupo VantagePoint. O conjunto de dados textuais estruturados obtidos segundo a estratégia de busca selecionada, gera um arquivo que pode ser salvo em *.txt, *.dat, *.csv, *.tag, *.trn, *.xls, *.xlsx, *.mdb, *.accdb, *.ris, ou *.xml.

Importação de Arquivos

O segundo passo tem o objetivo de carregar os dados no software VantagePoint. O usuário inicia a utilização do VantagePoint importando o arquivo salvo para dentro do aplicativo. Seguindo os passos, o próprio VantagePoint apontará o filtro mais apropriado e, na falta deste, o usuário deverá utilizar a barra de ferramentas no Help do aplicativo para importar o filtro adequado à leitura de dados a partir do site do VantagePoint (Visit download Page) ou da página de Filtros do grupo VantagePoint.

Após a seleção do filtro, caso necessário, o usuário poderá então selecionar os campos a serem importados para o VantagePoint. A opção de importação de todos os dados é a mais recomendada para uma análise inicial. Apos a importação, será exibido na área central do VantagePoint um sumário de dados (Summary), contendo a lista dos principais itens do arquivo importado. Também é possível importar dados de uma planilha Excel ou do Access e, a partir dela, realizar o processo. Pelo Summary, é possível observar a cobertura de dados. Recomenda-se a escolha de itens que contenham em torno de 100% de cobertura, pois são os mais consistentes em relação ao número de registros recuperados.

Limpeza de Dados

O terceiro passo tem o objetivo de eliminar registros irrelevantes ou com dados problemáticos para melhorar a qualidade das análises. A limpeza dos dados sempre deve ser feita de modo a garantir que apenas registros relevantes, não repetidos e consistentes sejam contabilizados e analisados. A limpeza se inicia pelos dados que individualizam os registros e que exibam em torno de 100% de cobertura. Para iniciar a limpeza, escolha um dos itens e clique com o botão direito do mouse para exibir opções. O próprio VantagePoint exibe a lista limpa (Cleaned), porém a limpeza também pode ser manual. A limpeza é especialmente útil no caso de denominações distintas para um mesmo autor ou instituição. Ex. USP e Universidade de São Paulo. Neste caso, a limpeza consiste em agrupar tais registros.

Mapeamento e Análise de Dados

O último passo é o mais específico de todos. Depois da limpeza de dados, de acordo com o foco da análise, o usuário deve selecionar os dados importantes para o cruzamento e criação de matrizes, a partir das quais serão gerados tabelas, gráficos e mapas.



Voltar para a Bibliometria_e_Indicadores_Científicos