InCites

De Área Técnica
Ir para: navegação, pesquisa
Incites bnnr.jpg

Índice

Introdução

O InCites (Thomson Reuters) é uma ferramenta online de avaliação de pesquisa personalizada e baseada em citações, que permite realizar análises de produtividade científica e comparação de resultados com instituições no mundo inteiro. Tomando por base o conjunto de registros da Web of Science, o InCites congrega ferramentas de análise e métricas que ensejam qualificar os resultados de pesquisa por meio de indicadores de produtividade, impacto, etc.

InCites™ http://apps.webofknowledge.com/ é uma ferramenta analítica que permite avaliar a produtividade científica da instituição e comparar sua produtividade com outras instituições pares no mundo. Por meio de um conjunto de dados personalizados composto por artigos e citações recebidas, são gerados indicadores e informações relevantes para a avaliação do desempenho de pesquisa. Importante ressaltar que o InCites utiliza como fonte de dados as publicações indexadas na Base de Dados Web of Science (ISI).

O impacto de pesquisa é a medida em que a publicação, o trabalho de um pesquisador ou o trabalho de um grupo de pesquisa atinge, influencia e ajuda a construir novas pesquisas e resultados científicos, a partir das citações. Identificar pesquisa de impacto pode ajudar pesquisadores e instituições a realizar investimentos mais qualificados e relevantes para a sociedade e para a própria ciência. Como resultado, torna-se possível analisar o impacto de um artigo, de um autor, de uma revista, de uma instituição ou organização, até mesmo o impacto científico de um país, contabilizando o número de citações recebidas de artigos e trabalhos publicados. Ainda que o impacto de uma pesquisa possa ser medido de várias maneiras, incluindo métodos qualitativos e quantitativos, todos os métodos têm limitações e os resultados gerados por esses métodos devem ser interpretados com ressalvas. O InCites provê esse tipo de análise: relatórios personalizados de autores, organizações, regiões, áreas de pesquisa, artigos, trabalhos de eventos e agências de fomento podem ser obtidos a partir de ajustes simples de parâmetros.

A ferramenta fornece relatórios e gráficos que podem ser criados e compartilhados de forma rápida e fácil. Período de cobertura: 1980-atual; tipos de publicação: artigos de revistas, conferências, livros; permite criar tabelas e gráficos, gera, armazena e exporta Relatórios padrão e Relatórios personalizados, exporta gráficos na forma de imagem e dados em csv.

Acesso ao InCites

O acesso à Plataforma InCites é feito pelo link [https://jcr.incites.thomsonreuters.com], mediante cadastro de usuário, por meio de IP de computador reconhecido pela USP.

Módulos do InCites

Explore InCites Data

Permite a geração de Tabelas, Gráficos e Relatórios personalizados: People, Organizations, Regions, Research Areas, Journals, Books, Conference Proceedings, Funding Agencies.

InCites System Reports

- Permite a geração de Relatórios padrão: Research Report, Local Journal Utilization Report, Research Performance, Collaborations, Institution profile, Trending technology.

- Permite analisar sua instituição frente a outras instituições mundiais, encontrar perfis institucionais para análise e benchmark, identificar tendências mundiais em pesquisa científica em diferentes áreas do conhecimento. Integrar também a análise do Journal Citation Report das revistas, e encontrar indicadores de comparação entre diversas instituições mundiais. A atualização do módulo é anual para os indicadores mundiais de atividades científicas.

O InCites possibilita:

  • Comparar sua performance versus outras 5.000 instituições, inclusive em determinadas áreas do conhecimento;
  • Apresentar pontos fortes e identificar áreas de potencial crescimento;
  • Estabelecer metas mensuráveis para alocar recursos de forma precisa e inteligente;
  • Monitorar as atividades de colaboração e identificar novas oportunidades em colaborações institucionais;
  • Apoiar as atividades de credenciamento, propostas de financiamentos, agendas legislativas, e recrutamento de professores e estudantes;
  • Planejar a estratégia através de metas que podem ser medidas e acompanhadas através de um período de tempo;
  • Ter acesso a indicadores normalizados criados pela Thomson Reuters que irá lhe dar uma nova visão através de sua produção científica.

Apresentações e Tutoriais

Métricas e Indicadores em InCites

Linha do Tempo

1961: Eugene Garfield founds the Institute for Science Information (ISI).
1963: ISI releases the Science Citation Index (SCI).
1973: ISI releases the Social Science Citation Index.
1975: ISI releases SCI Journal Citation Reports with impact factor calculations.
1977: ISI adds new types of citable non-article materials to the Science Citation Index.
1978: ISI releases the Arts & Humanities Citation Index.
1979: The new journal Scientometrics is first published.
1988: ISI releases the SCI on CD-ROM.
1992: Thomson Scientific & Healthcare acquires ISI and becomes Thomson ISI.
1997: Thomson ISI’s new Web of Science Core Collection launches online.
2002: Web of Knowledge launches as a consolidated research platform.
2004: Elsevier launches Scopus as a competitor to Web of Science.
2005: ISI is dropped from Thomson ISI and becomes Thomson Scientific.
2005: Jorge E. Hirsch invents the h-index for quantifying scientific research output.
2007: Thomson Corporation acquires the Reuters Group to become Thomson Reuters.
2007: Ann-Wil Harzing releases the first version of the program Publish or Perish.
2008: The new h-index metric is added to Web of Knowledge.
2008: Thomson Reuters adds citation mapping tool to Web of Science.
2011: Thomson Reuters launches the Book Citation Index.
2011: Google announces the new Google Scholar Citations feature.
2012: Thomson Reuters launches the Data Citation Index.
2013: Thomson Reuters launches the Scientific Electronic Library Online Citation Index.
2014: Thomson Reuters launches the second generation of InCites, including Essential Science Indicators and Journal Citation Reports in one platform.
 

Source: AMERICAN LIBRARY ASSOCIATION (ALA). Meaningful Metrics. Chicago, 2015. Disponível em:<http://www.ala.org/acrl/sites/ala.org.acrl/files/content/publications/booksanddigitalresources/digital/9780838987568_metrics_OA.pdf> Acesso em 18 dez. 2016.